Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

FELIZ NATAL

 

Feliz Natal para quem me procura por aqui.

O meu será...

 

SIMPLES

 

Colhi tangerinas no quintal
e lembrei um amigo
em cada fruto.
Podei a árvore de romãs
perfilada entre roseiras no jardim
e olhei o rio que desce ao fundo
calmo e a transbordar
como que antecipando as chuvas.
Revi ”A bela adormecida”
ao sabor doce uma rabanada
e acendi a lareira
para aquecer cedo a festa.
Mais logo irei consoar
e esperar a meia noite
para mais uma visita às estrelas
e à página do livro que guardo…
Poderia ser de outra forma
mas o meu Natal é assim:
tão simples, quanto ele me pede.