Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

NA PALMA DA MÃO

 

 

Que dizer

se, ao coração cheio

verteu uma lágrima

fugidia e quente

solta na palma da mão

num dia de sol

e esta não é de desilusão?

Que dizer

quando uma gota de água

se despe no verão

para bronzear

deitada num sorriso

e a transpirar de amor

que o sabe e sente bem?

Será preciso responder?

Será mesmo preciso o poema?!...

 

 

lágrima.jpg