Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

QUE VENHA UM NOVO ANO

 

Está o ano a acabar e eu não vou chorar mais por ele. Juro que não.
Já chorei, e os meus irmãos também choraram, pela nossa mãe que se foi durante ele.
Já choraram os meus amigos e os amigos deles, pelas mães e pais que se lhes foram também.
Já choraram todos aqueles que souberam chorar, porque lhe soube bem chorar…
Basta, neste restinho do ano, de choramingueiras.
Agora, sim, um brinde, ao ano que vem.
E que venha com cuidados, para que mereça que por ele se chore sentidamente no seu percurso,

e no final dele, como agora, se volte a celebrar com um copo cheio de vida!

 

 

brinde.jpg