Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

SONS DO SILÊNCIO

 

Não desgosto
do ruído dos automóveis
ao passar nas ruas da cidade.
O som do silêncio
chega a fazer ruído maior.
O som da chuva é monocórdico
não aprecio.
Hoje quero ensurdecer
à minha janela
no ruído feito no meu silêncio
sem chuva a cair
sem automóveis a passar
sem mais ninguém calado;
só eu e ele, aos gritos...