Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

AMOR AO MAR

 

Desamarra ao peito a barca

à maré cheia dos olhos

e deixa o céu desfrutar

cada poro do teu corpo

nas vagas mansas do mar

E o vento há-de soprar!...

Despe o corpo à noite toda

não te escondas do luar

deixa que as ondas se agitem

que desponte a madrugada

se horas são de abalar

E o vento há-de soprar!...

E quando o sol da manhã

pela praia se poisar

já a barca se atracou

já o céu te engravidou

de mais um filho do mar!

 

 

in "Coração de Algodão"

 

 

4 comentários

Comentar post