Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

Quando a tarde caiu (Conto)

 

 Foi numa tarde. Tarde, que por ser tarde se ia…

O Sol, já morno, gentilmente pedia ao horizonte permissão para o transpor.

Os passarinhos, silenciosamente, poisavam em seus ninhos, onde, impacientes, iriam esperar pela manhã.

As flores, em ritual, iam fechando em si, uma a uma, as suas pétalas, enquanto se despediam das outras flores que a natureza não dotara com as mesmas características.

E eu, sentado naquele muro, outrora palco de diversão e riso, instintivamente travava as lágrimas que me desciam pelo rosto.

Emocionado, de olhos humedecidos, já não conseguia contemplar o pôr-do- sol e consumir o silêncio que me era emprestado naquele momento.

Enquanto sentado e mergulhado naquele muro, entristecido, uma voz doce e em sussurro soletrado, chamou pelo meu nome e perguntou porque estava eu assim parado e calado, diferente de outros dias.

Desviei o olhar, limpei os olhos e o rosto, e só então lhe dei a atenção que ele me pedia.

Pensei inventar uma desculpa; daquelas que tantas vezes nos servem para manter a prumo o orgulho; que tantas vezes adoptamos para relatar actos de bravura e coragem.

Mas aquele olhar fixo nos meus olhos travou-me a voz e impediu que daquela vez eu me refugiasse, camuflado nas palavras.

Escutamos por instantes o silêncio que nos envolvia, interrompido por um ruído leve provocado por um passarinho que ali perto se acomodava no galho da velha árvore. E eu, embalado na pausa do silêncio, resolvi contar o porquê daquele meu estado de alma que os meus olhos espelhavam.

- Olha, dei-me com intensidade, sem reservas, declarei o meu coração sem temer… e colhi… como me vês!

A criança olhou-me mais uns instantes, agora com o olhar trémulo, tocou-me e depois afastou-se a correr para o aconchego da mãe, creio!

E eu fiquei.

E aquela tarde, já tarde demais, caiu!

 

in "Ecos dum Silêncio"

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.