Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

In nomine

 

Sei do sucesso, ontem, em Ponte de Lima, caro PEDRO BARROSO, Aliás, coisa fácil para ti! 
Por razões íntimas, que conheces, não me foi possível presenciar mais um concerto memorável teu. Sei que me chamaste por  lá, e saber disso já me emociona. 
Escrever em parceria contigo foi, acredita, uma das maiores realizações pessoais. Sabes disso, companheiro!
Toma um abraço, aqui do poeta da montanha, como me chamaste um dia...

João Luís

IN NOMINE

Dei comigo 
ao vidro baço e lento da janela 
no palpebrar 
cadente e moreno 
dos teus olhos 
a noite é apenas noite 
e o silêncio 
mudo 
e apenas se ouve o sussurro 
dos versos que te chamam… 
em nome de tudo 
e de todos 
os que ainda amam 
E o sorriso 
foi dormir antes de mim 
querendo-me a cama 
morna 
Se ausente te sei 
mesmo que só um pouco 
todo eu parto de mim 
para regressar-te 
nos meus braços 
louco 
até que acorde 
de tudo o que sonhei 
nos beijos esquivos 
que me chamam 
e me sinta poeta do sentir 
eu que nada sei 
em nome de tudo e todos 
os que ainda 
amam 

João Luís Dias /Pedro Barroso