Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

Razão

 

De braço dado ao silêncio
pergunto:
porquê um poema mais
se nos consome as horas vazias
a chuva fria soprada a norte
e um fogo abafado em cinzas
numa lareira esquecida e morna
Divago...
e nada, ou pouco mais digo
Mas agora mesmo
quando a noite clareia em madrugada
descubro que, afinal, há razão para o poema
e para toda a poesia:
existires
e saber de ti
tão estranhamente perto
tão generosamente mulher!

 

inédito