Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

Oferta

 

Trago-te

a brisa que me sopra no peito

quando cavalgo pela manhã

Trago-te

o aroma das papoilas que invento

num prado de pasto tenro

Trago-te 

fechado no peito morno

a última folha que guardei do Outono

Trago-te 

pouco mais do que de mim...

 

Inédito

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 03.02.2010

    Quem ama assim....tem mil anos de perdao....
    O amor é lindo!!!!
    Felicidades.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.