Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

Estação de Viana

 

 

Pediu lume e acendeu o instante.
Entregou no rio, ao fundo, o olhar
e deixou possuir-se sem pressa…
Voltou aos versos
que lhe escorriam das mãos
trémulas, molhadas
vertendo no chão gotas mornas de si
e pediu ao silêncio que lhe declamasse a noite;
ali, na estação
à espera da última partida…

 


E aqui cantado...




Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.