Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

CANTARES DAS JANEIRAS

 

Foi-se mais um ano
Mais um ano vem
Esperança, precisa
Também

Caíram as folhas
Revolta-se o mar
Isento à tormenta
O cantar

Que se eleve a alma
Ferva o coração
Insista e resista
A razão

Não me calarei
Mesmo em desalinho
Se este me anima
O caminho

Que o vento frio
Soprado de fora
Não nos cale a voz
Mande embora

Que se erga o canto
Dure a tradição
Que esta é maior
Saberão…

Entre amigos´estamos
Dissemos “presente”
Cantando as janeiras
P´ra sempre…



Continuação de boas festas



João Luís