Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

João Luís Dias / Pedro Barroso

IN NOMINE

Dei comigo 
ao vidro baço e lento da janela 
no palpebrar 
cadente e moreno 
dos teus olhos 
a noite é apenas noite 
e o silêncio 
mudo 
e apenas se ouve o sussurro 
dos versos que te chamam… 
em nome de tudo 
e de todos 
os que ainda amam 
E o sorriso 
foi dormir antes de mim 
querendo-me a cama 
morna 
Se ausente te sei 
mesmo que só um pouco 
todo eu parto de mim 
para regressar-te 
nos meus braços 
louco 
até que acorde 
de tudo o que sonhei 
nos beijos esquivos 
que me chamam 
e me sinta poeta do sentir 
eu que nada sei 
em nome de tudo e todos 
os que ainda 
amam 

João Luís Dias /Pedro Barroso




Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.