Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

Tic Tac

 

Despeço-me da tua boca
num beijo vertido
e desço, humedecido
à arcada do teu peito
para ficar, como criança
fascinado no tic tac do teu coração
sabendo-o relógio de corda
a marcar em tempos certos
o tempo que me quero em ti
E subo, outra vez
ao patamar dos teus olhos
para contemplar de lá
a paisagem maior que encerras!
E desço e subo
e desço
e subo…

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.