Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

Duas Portas

 

Duas portas se me cravaram no peito:
uma que abre de par-em-par;
uma outra que se fecha, ao ferrolho.
E entre ambas
só o tempo que as separa uma corrente-de-ar,
se gelado.
E o coração fica à espera
no fio dum poema
que o vento não tenha pressa outra vez!...


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.