Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

Coração de algodão

 



Sento-me e espero nas pedras frias
à luz ausente…
secando, ao fresco dos dias,
às noites desanimadas,
flores nos meus olhos,

se pingos mornos dos teus
tardarem com teu sorriso.
Sento-me e descanso,

cansado de te não ter
neste cinzento entristecer
dos dias que me consomem!...
Lembro-me de ti e quero tudo de ti.
Tudo é presente!
E em mim estás ainda mais, amada minha
a cada sopro do teu respirar,
se me traz sementes do teu coração de algodão…

 


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.