Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

Terras de Bouro

 

A minha terra, onde os cavalos crescem na serra, a cabra come a urze brava e o sol, ao céu despido, castiga. E, se inverno, gela o chão e vertem demais as fontes para o espelho de água...

A minha terra, onde se dança no chão de terra a "cana verde", onde se pegam os bois pelos cornos... 


 

  

... e onde cavalgo ao galope duma estrela...

 

 (João Luís Dias e sua égua, chamada Estrela)

 


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.