Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

A CASA DA RUA

 

 
Boa noite, noite!
Debruçado aqui à janela
ouço um silêncio estranho.
Nunca o ouvi assim tão estranho!
Olho a rua vazia.
Já na última noite
e a meio da tarde, também,
estava assim vazia.
Será que a rua arrendou
ou comprou casa,
para deixar de viver e dormir ao relento?
Será que a rua se aprisionou numa casa
com medo do frio e do silêncio,
ou se internou para não morrer de solidão?
 
 
 
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.