Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

AUSÊNCIA

 

 

Sem ti a respirar-me na boca
a transpirar-me no peito
a sussurrar-me ao ouvido coisas grandes do sentir…
não se secaram as fontes na paisagem
não se escondeu o relógio no céu
não se quebrou a linha no horizonte dos olhos…
mas aquelas vertem menos
aquele parece de ponteiros quebrados
e esta parece linha de fronteira nenhuma…
Porque sem ti…
tudo existe menos!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.