Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

GOSTO MUITO

 

Gosto da água morna colhida da boca.
Gosto dos seios, quais obras primas
moldadas às mãos.
Gosto do jeito e do gesto,
quando chamas.
Gosto dos contornos do corpo,
porque elevados à perfeição maior.
Gosto da fonte
a verter para o amor ímpar e ardente.
Gosto de me sentir aprisionado 
no mais profundo que o desejo procura.
Gosto... demais,
se és o esplendor do saber, 
do sabor, do dar e do fazer sentir...