Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

JOSÉ

 

O José nunca leu um poema,
não sabe o que é um verso,
uma imagem literária, uma metáfora.
O José não sabe nada 
das coisas que não lhe dizem nada
e de mim sabe muito pouco 
e nem quer saber mais,
porque já sabe o que lhe importa.
O José cuida da minha “Estrela”
é meu amigo 
e eu sou amigo dele.
O José tem bigode farto,
barriga farta, 
é robusto nos braços,
tem corpo de amedrontar a noite
e um olhar de enternecer o dia todo.
O José tem os olhos gordos 
de ver o que eu não sei ver.
O José é o homem mais simples do mundo
e, contudo, tem o mundo maior com ele…
e eu não!
O José nunca leu um poema
e este também não irá ler.

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.