Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

OLHOS DE VERSOS

 

Plantaria os teus olhos
entre os lábios dum poema
e o haveria de saber
em doce declamação.
Por serem olhos de versos
tamanhos de beleza
temo faltar-me engenho
para os saber acomodar
no meu jardim de palavras.
Sou de estradas curtas
de rimas desalinhadas
de poemas menores;
e os teus olhos
enormes de sede e de fontes
só podem admitir pousar
num poema maior!

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.