Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

VALSA

 

Valsam tristes os meus olhos
se não valsarem nos teus.
Valsam tristes os meus olhos
se no ladrilho onde valsas
não há flores que te colhi.
Valsam tristes os meus olhos
se valsas e eu não estou.
Valsam tristes os meus olhos
se nas voltas da valsa que quero
elas se não voltam para mim...
Valsam tristes os meus olhos
se a valsa, sem ti nos braços
não chega ao fim.

 

 

valsa.jpg