Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

VELHOS

 

Foram-se os dias curtos demais
Ficaram as noites longas demais
Foram-se os sonhos grandes demais
Ficaram os sonos pequenos demais
Foram-se as pernas que corriam demais
Ficaram as forças, cada vez de menos
Foi-se a cor dos cabelos
Foram depois os cabelos
Foram-se as lembranças...
Ficou perto demais a solidão
Ficou para trás a juventude
Ficaram outras vontades…
Ficou um amontoado de recortes duma vida
Ficou tão longe tanta coisa!
Ficou o resto que sobrou
Foi-se embora o que queria ainda
Ficou só um pouco do que foi...
Ficou o saber, a ternura
Ficou a lágrima teimosa nos olhos
Ficou o cansaço
Ficaram os dias e as tardes que lembra...
Ficou o mesmo cinzento
Ficou a mesma chuva, o mesmo sol
Mas o frio
Fica cada vez mais!

(inédito)

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.