Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

POEMAS E RECADOS

poemas e textos editados e inéditos de JOÃO LUÍS DIAS

VESTIDA DE SOL

 

( à mana Alice)



Vestiu no rosto o sorriso e nunca mais o despiu.
Aos olhos levou o sol e o calor ficou neles.
Vive como se a vida não tenha lados sem luz
como se as noites fossem todas de luar.
E combate as cinzas dos dias sorrindo e acreditando...
- Não vai ao chão toalha de pano fino!-
Porque nasceu em agosto, aos primeiros dias
a minha mana, Alice
que as rendas a quiseram
é mais do que o céu
é mais do que o sol
é mais do que um mar grande
e do que o seu extenso areal;
é um presente do verão!

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.